O Céu Está Em Todo Lugar - Jandy Nelson (Resenha)

40 Comments

O céu está em todo o lugar foi, para mim, uma grande surpresa. Não conhecia a autora, apesar da editora ser super bem conceituada, mas gostei do nome, da capa, dei uma foleada nele na livraria e resolvi trazê-lo para fazer morada na minha casa. e digo-lhes que o livro é perfeito, lindo, e se eu fosse uma pessoa desapegada dos meus livros, e emprestasse eles, eu emprestaria esse a Deus e o mundo, porque de fato eu me encantei com o livro.
Ele tem capa dura, folhas amarelas, todos capítulos começam na página ímpar, que para mim que sou muito chata faz toda diferença, e em cada divisão de capítulos, temos bilhetes que ao longo do livro a personagem principal escreve e deixa em lugares aleatórios.
Um livro que nos convida a emoção, e que quando chega ao final, eu pelo menos não saí, a gente não sai da leitura como entrou.


Sinopse: Este é um livro de estreia vibrante, profundamente romântico e imperdível. Lennie Walker, de dezessete anos de idade, gasta seu tempo de forma segura e feliz às sombras de sua irmã mais velha, Bailey. Mas quando Bailey morre abruptamente, Lennie é catapultada para o centro do palco de sua própria vida - e, apesar de sua inexistente história com os meninos, inesperadamente se encontra lutando para equilibrar dois. Toby era o namorado de Bailey, cujos sentimentos de tristeza Lennie também sente. Joe é o garoto novo da cidade, com um sorriso quase mágico. Um garoto a tira da tristeza, o outro se consola com ela. Mas os dois não podem colidir sem que o mundo de Lennie exploda...



No livro vamos conhecer Lennie, uma menina por volta dos seus 17 anos, que mora com a avó, um tio e sua irmã. Sua vida é muito segura até que sua irmã morre. Lennie vivia confortavelmente a sombra da sua irmã, mas ela não acha justo ela ter uma vida enquanto sua irmã não mais terá.Lennie se fecha em um luto tão profundo que não deixa ninguém penetrar, nem a avó dela, nem o tio, nem sua amiga; nada e nem ninguém consegue romper a barreira que ela criou. Ela deixa de fazer quase tudo, mas uma hora ela tem que voltar para a vida. Para vencer sua dor, Lennie resolve escrever para Bailey, ela escreve seus sentimentos, os diálogos que gostaria de ter com a irmã e os espalha, nunca os guarda, ora ela escreve um folha de papel, em papel de bala, copo descartável, o que encontra ela escreve. E esses bilhetes ilustram cada entrada de capítulo.
Quando em fim ela volta para a escola, mesmo com todos os pesares de todo mundo sobre o acontecido, Lennie volta a ter uma esboço de vida, mesmo porque Sarah, sua melhor amiga quer que ela volte do seu mundo enlutado. E é na aula de música da escola que Lennie conhece Joe. Como a personagem mesmo diz, Joe é um garoto que tem um sorriso que contagia a todos, fora seus olhos e sua alegria que é natural dele.
Mesmo tendo se encantado com Joe a primeira vista, e ali termos o deslumbre de um possível romance, Lennie fica relutante, porque segundo ela; ela deveria estar de luto e não se apaixonando.
Um belo dia, Toby, o namorado da Bailey procura por Lennie e para ela ninguém mais é capaz de entender a dor que ela sente, porque depois dela Toby era a pessoa que amava Bailey tão profundamente que ela sente que suas dores se completam, como se os dois juntos trouxesse Bailey de volta.
Mas aí Lennie se vê no meio de uma bagunça criada por sentimentos e emoções, ela e Toby se beijam e é um beijo com tanta urgência e 'paixão' que ela fica confusa sobre os seus sentimentos. Ela conta a sua amiga, Sarah, que fica muito brava com ela, porque afinal de contas Toby é o namorado da sua irmã, e como Lennie foi capaz de fazer isso. Aí é quando Lennie deseja ficar longe de Toby, mas ela só encontra conforto quando está com ele.

Em contra-partida, Joe começa a ser presença constante na casa de Lenni, todos os dias ele está na casa dela logo cedo, e fica por lá. Ajuda o tio Big em suas maluquices,
ajuda a avó de Lennie no jardim e em outras coisas, e tanta proximidade de Joe, faz com que os dois comecem um namoro. Esse namoro tira Lennie da sua tristeza profunda, ela começa a se sentir bem depois de meses.Massssssssssssssssss....... Toby aparece um dia na casa de Lennie, e ele está tão triste, e ele e Lennie ficam tão perturbados com suas dores, que novamente eles se beijam, e Joe vê. Joe fica despedaçado, rompe com Lennie, Toby se sente culpado, pela agora, tristeza de Lennie. Lennie tenta explicar a Joe o que aconteceu mas ele não quer ouvir...
Com toda a 'bagunça' de sentimentos que Lennie começa a sentir, é aí de fato que ela se encontra, e começa a ver que não é só dela a dor de sua irmã ter morrido. Sua avó, que é quem criou ela e Bailey, mostra de fato a sua dor pela perda que tiveram, e ela consegue voltar a ter o relacionamento leve que tinham quando Bailey era viva, seu tio resolve se casar e voltar a vier também.
Toby e Lennie.... Bem Toby e Lennie se acertam, colocam os pingos nos 'is' sobre o que sentem de fato. Lennie e Joe também se acertam, e conseguem ver o que sentem e o que querem para eles.... E o final me deixou com vontade de saber o que vem depois, nada que sugerisse uma livro para continuação, mas é uma vontade de ver como Lennie se saiu em sua vida, sem ser sombra de ninguém...
É um livro leve, não tem nada de cenas hot, o que convenhamos é um tendência do mercado, e que eu já me cansei de alguns, não é e nem de longe passa uma ideia de auto-ajuda para quem perdeu uma pessoa querida.
Recomendo muito a leitura, é um leitura sem chororo, o que para mim é quase impossível de acontecer, apesar da morte sem um assunto presente em todo livro.
Não me arrependo nem um minuto de embarcar num livro, que nunca tinha ouvido falar.

Namaste!


You may also like

40 comentários:

  1. Oiee!!! Ai, fiquei com tanta vontade de ler este livro. Romance jovem e cheio de reviravoltas é super a minha praia. Suas fotos estão lindas como sempre!
    Beijos

    www.tempodeopinar.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mel esse livro é muito delicia. Apesar dele trazer uma carga forte de drama, pelo fato de uma irmão perder outra, ele é ao mesmo tempo uma leitura leve. Que bom que as fotos estão agradando,fico feliz porquê são feitas com muito carinho para que vocês se sintam bem em passar por aqui. bjs

      Excluir
  2. Eu simplesmente amo a capa e a diagramação desse livro! Ele é muito bonito, fiquei encantada quando ganhei, acho que uns dois anos atrás. Lembro de ter ficado folheando as páginas antes de começar a leitura... Porém, quando finalmente comecei, fiquei meio decepcionada, porque o conteúdo não me animou tanto quanto eu imaginava e eu achei o romance bem morno e incoerente, apesar do drama da protagonista com a perda de sua irmã.

    Nossas opiniões são diferentes, mas a literatura tem dessas coisas, né? Dá pra ver pela resenha que você se animou bastante com a leitura. :)

    Beijos! Lis
    umareescrita.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lisete, flor, eu gostei muito desse livro. Sim, tem umas partes que eu fiquei meio tipo: wth? Mas num geral eu gostei muito dele, e sem contar a diagramação lindaaaaaaaaa. bjs

      Excluir
  3. Ameeeeeeeeeei o layout do blog! Super lindo, colorido e vivo!
    Fiquei muito interessada pelo livro, romance jovem é muito a minha praia!!!!!
    Beijao
    Gio - Clube das 6
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo elogio ao layout, foi feito com muito carinho............ O livro é mto gostoso, e é um romance bem jovem mesmo, achei diferente de tudo que já li. bjs

      Excluir
  4. Olá, primeiramente quero dizer que adorei seu blog, muito lindo esse cabeçalho *O*
    quanto ao livro ainda tive a oportunidade de ler, adoro livros emocionantes, gosto muito qnd a gente acaba uma leitura e reflete na vida sabe, os livros tem esse poder de nos fazer pensar, nos afundar na história e sentir como se a gente conhecesse a muito tempo o personagem. Sua resenha está muito boa, bjo

    www.somandoconhecimento.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzi. Obrigado pela visita e pelo elogio ao blog. Esse livro de fato nos faz pesar depois. Eu gostei muito da leitura, se um dia vc tiver a oportunidade, leia e me conte o que achou depois. bju

      Excluir
  5. Livros que comecem os capítulos em números impares??rsrsrs nunca tinha ouvido essa exigência, fiquei encantada com o livro e as fotos são suas? realmente de muito bom gosto, parabéns pelo blog.

    BEIJOSsss....

    ,http://sonhosdeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Janaina! Pois é, flor. Essa pessoa que vos fala é meio louca, kkkkkkkkkkkk Quando se deparar com um livro que inicia seus capitulos em números ímpares, preste atenção como a diagramação do livro fica melhor. Eu sinto que assim, o capitulo anterior de fato terminou. kkkkkk Sim as fotos são minha, e obrigado por achar que ão d bom gosto. Obrigado por sua visita. bju

      Excluir
  6. Amo romances e com adolescentes então amo rsrs
    Muito bom que o livro não tem chororo pq não to querendo livros que me fazem chorar no momento
    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, apesar da temática principal do livro ser a morte, é um livro que é bem leve a leitura, sem chororo..... E olha que choro até vendo Rambo......... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk bjs

      Excluir
  7. Oi *-*
    Gente, essa edição <3 Só o título ja mostra que deve ser um livro encantador. Uma amiga leu e amou cada segundo. Eu fiquei de pegar emprestado, mas passaram tantos outros na frente que acabei esquecendo. Pretendo ainda me aventurar na leitura. Assim que der vou dá uma olhada. Gosto de livros que mexem com nosso sentimento, e apesar desses momentos duvidoso que você citou, ainda quero tirar minhas conclusões. Ele parece ter um clima tão leve *-*

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá David! Passe o liro na frente de algum, kkkkkkkkkkkkkkk.... Que bom que sua amiga tbm adorou. Eu penso que o livro chega até nós no momento que estamos pronto para ele, e esse chegou em mim na melhor hora possível. Leitura leve, rápida e sem sofrimento al´me do que o livro pede. Super indico que vc o pegue e leia tbm.
      Obrigado pela visita.

      Excluir
  8. Olá! Tão bom quando a história cativa a ponto de mudar a nossa vida... Eu adoro quando isso acontece e com certeza já anotei a dica. O livro parece ser maravilhoso. Só o título já diz muita coisa. Adoro obras do gênero, então definitivamente lerei. Beijos!

    www.viagensdepapel.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Camila! O titulo e a capa foram o principal quesito para eu traze-lo para fazer morada aqui em casa. Eu achei o livro cativante de mais, do tipo a ser relido, com certeza, e olha que não sou de ficar relendo.... bjs

      Excluir
  9. Já tinha visto esse livro mas confesso que não tinha me chamado atenção, mas depois da tua resenha fiquei com muita vontade de ler!!
    Gostei de saber das cartas que tem pelo livro, uma coisa nova pelo menos para mim, e esse foi o principal motivo de ter ficado curiosa: adoro sair da zona de conforto hahahaha
    Amei sua resenha e seu blog, lindo demais!!!
    Beijossss,

    http://www.thousandlivestolive.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gab, obrigado pela visita. Flor o livro é muito gostoso. a sensação qe temos durante a leitura é que podemos encontrar a cartas/bilhetes de Lennie em qualquer lugar quando sairmos. Eu tbm gosto muito de sair da minha zona de conforto nas leituras. Bem vinda, sempre, ao meu cantinho. bjs

      Excluir
  10. Olá, tudo bem? :)
    Fico feliz que tenha dado uma chance ao O Céu está em todo Lugar. Esse romance é um dos meus favoritos. Li assim que ele foi lançado aqui e a história me arrebatou logo de cara. É incrível. E os poemas? ♥
    Mal posso esperar para poder ler o próximo romance da autora, I'll Give You the Sun, que deve ser lançado em breve aqui no Brasil.

    Beijo,
    João Victor - Amigo do Livro
    http://amigodolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá João Vitor" Pois então.. esse livro me surpreendeu positivamente, e fique muito feliz em me aventurar numa autora nova. bom saber que é um dos seus favoritos. Não temos a impressão que se observarmos bem, poderemos encontrar os bilhetes espalhado por onde passamos? Obrigado pela visita

      Excluir
  11. Nossa, flor, sua resenha foi como um sopro de saudosismo… Mas de um tipo de saudade que se tem do que nem sequer foi seu (rs).
    Eu li uma resenha desse livro há muito tempo e me encantou o suficiente para incluí-lo entre os que ansiava ler. Então, esqueci dele, sabe? Sei lá… ficou na minha meta e pronto. Apenas isso. Agora, lendo sua resenha, senti uma saudade dessa empolgação! De desejar ler um livro que equilibrou tão perfeitamente um tema difícil de abordar. :) Enfim, seus elogios me alcançaram, claro. Mas sua sinceridade é que me soou convidativa.

    Lerei, com certeza!
    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Francine, vc descreveu perfeitamente com me senti ao ler, e terminar o livro. Tendo oportunidade o recoloque na sua lista de leitura, creio que irá gostar tbm. js

      Excluir
  12. Oiee ^^
    Já faz um booom tempo que quero ler esse livro, mas nunca o encontro num preço que eu ache acessivel...haha' e na maioria das vezes acabo me esquecendo de comprá-lo *-* A história parece ser muito bonita, faz tempo que não leio livros leves...kkkk'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dryh! Achei esse livro praticamente de graça, 10 reais só; não pensei meia vez e comprei. A história é mesma muito bonita, eu gostei muito. bjs

      Excluir
  13. Oii, tudo bem?
    Eu recebi esse livro de troca já faz algum tempo, mas sempre fico adiando a leitura, mas depois da sua resenha eu estou morrendo de vontade de ler esse livro e ele com certeza vai ser uma das minhas proximas leituras.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giovana. Ai que delicia vc já ter o livro. Espero que ele te traga as mesmas sensações que me trouxe ao lê-lo. bjs

      Excluir
  14. Oi Amorinha, tudo bom?
    Nossa o livro parece muito bom, gosto de historias onde a pessoa tem que elaborar o luto, que nesse caso parece que não é só da morte da irmã, mas de uma vida tranquila. Vou incluir na minha lista!
    Beijos
    CarolMello.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Caroll! Amora esse livro nos faz pensar e vale tanto a pena assim só ficarmos na nossa zona de conforto, ou se vale a pena nos arriscarmos, pq de uma hora para outra esse conforto pode nos ser tirado. E se isso acontece, como vamos proceder? É isso que o livro me fez pensar tbm. Leia sim, e depois me conte o que achou. bju

      Excluir
  15. Olá!
    Não conhecia o livro, mas me interessei bastante, principalmente porque, apesar de ser uma leitura leve, como você disse, parece ser também um tanto quanto intensa. O tipo de livro que estou precisando ler no momento. Dica anotada!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline o livro me levou a refletir muito. Espero que vc goste. bjs

      Excluir
  16. Oi Maravilha!
    Olha eu já li este livro também e fico feliz que tenha gostado também. É um livro que nos leva a pensar sobre nos mesmos e como levamos a nossa própria vida. A perca me assombrou um pouco, pois já passei pelo mesmo e foi ótimo ler o livro


    Beijos
    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Malvadeza. Feliz em ter vc aqui. O livro é ótimo, né? Vc já me contou pelo oque passou e penso não se fácil tocar o barco, mas Lennie me ensinou muito de como seguir em frente. bjuuuuuuuuuuuuu

      Excluir
    2. Hahahaha as vezes sentimos raiva, mas foi divertido também.

      Excluir
  17. Olá Flor! Também nunca tinha ouvido falar dessa obra. Primeiro ponto que achei ótimo foi o livro ser capa dura, eu adoro livros assim, segundo, nem imagino como deve ter sido sofrido a parte que ela perde a irmã, tenho um irmão e sou muito apegada a ele, vc não chorou, mas acho que eu ia chorar pq sou muito manteiga! ahhaha Parabéns pela resenha e espero logo conhecer a obra! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paula, lindona, esse livro me tocou muito. Tenho dois irmãos, e não consigo me imaginar num mundo sem eles, até porque os dois são mais novos, e com um eu cresci e outro ajudei a criar. Mas eu acho que li esse livro num momento certo para mim e para ele. Eu sou uma manteiga tbm, choro até em filme do rambo, kkkkkkkkkkkkkkk bju

      Excluir
  18. Olá!
    Nossa tenho muita vontade de ler esse livro. Acho a diagramação dele impecável! Tenho ele, mas sempre acabo passando e passando hahaha depois de ler sua resenha, resolvi ler de uma vez.
    Beijos, Kamila

    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  19. Oie, tudo bom?
    Esse livro sempre me chamou a atenção por causa da sua diagramação, mas eu não sabia muito sobre a premissa da história. Falar sobre uma perda é sempre difícil e a protagonista parece viver um dilema que envolve um romance também. Parece ser um livro bem interessante.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá ^^
    Já vi este livro inúmeras vezes em promoção e já perdi as contas de quantas vezes o coloquei no carrinho de compras, mas sempre fiquei em dúvida, não sabia se valeria a pena.
    Tua resenha me fez notar que o livro valeria a pena sim, a princípio não o vejo como algo incrível, mas que nem por isso seria perda de tempo. :D

    bjs

    ResponderExcluir
  21. Olá... tudo bem???

    Inicialmente eu achei a premissa do livro interessante, mas depois fui me desanimando com o enredo... achei que pudesse esperar outro tipo de história e no fim terminei não me cativando por ela... infelizmente... porém devo dizer que a capa é muito bonita... e parece que o livro traz bons ensinamentos e lições de vida!! Xero!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá :)
    Já um longo tempo que li esse livro, mas sua resenha me fez recordar dele muito bem, eu gostei bastante do livro, mas diferente de vc pelo que me lembro deixei umas lagrimas escaparem, rsrs
    www.muchdreamer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir