Agridoce - Simone Marques ( Dicas de livros)

28 Comments
Gente eu nem sei como falar de Agridoce. Meu eu leitora tem uma dívida de gratidão imensa por esse livro, e automaticamente a Simone por te-lo escrito. Quando eu conheci o livro, eu estava nua fase sem ler nada, nada me motiva a ler e parecia que o mercado só lançava livros com a mesma temática; só que com títulos diferentes.

Na época eu tinha outro blog, e ele se chamava Agridoce. 

Quando vi a capa do livro Agridoce, eu achei que fosse um livro que tivesse aquelas batalhas épicas, sabem? Aquela coisa de guerreiros medievais. Eu não sei porque eu achei isso, mas achei. Quando li a sinopse, vi que estava redondamente enganada. Pensei: 'talvez tenhamos batalhas sim, mas nada de guerras medievais'. O livro é sobre vampiros, adoroooooooooooooooo....

Conversando com a queridíssima Simone Marques, falei que tinha um blog com o mesmo nome de seu livro, e que eu também tinha Simone  em meu nome. Vendo as coincidências, deliciosas, ela gentilmente me doou o livro. Quando ela falou que me daria o livro, a pessoa aqui parecia uma criança quando aguardando o papai Noel. Gente vocês não imaginam  a minha emoção, quando o livro chegou aqui em casa. Comecei a ler assim que chegou. A única coisa que me aborreceu durante a leitura, é que tive que parar para dormir. O livro me envolveu de uma maneira, que se não fosse eu olhar no relógio e ver os números 3:00 hs, acho que teria virado a noite e nem haveria percebido.
Compre com a autora



SINOPSE:  Anya é uma garota comum, estudante de gastronomia e mora em Florianópolis. Certa noite, ao passear pela praia ela sente um aroma que a atrai terrivelmente, um perfume, uma mistura de fragrâncias que mexe com todos os seus sentidos. Na noite seguinte ela se vê perseguida pelo aroma, e descobre que ele vem do corpo de um belo banhista que sai do mar. Cedendo ao impulso, ela vai até ele. Surpreendendo-o, ela o lambe e encosta o nariz em sua pele. Atormentada pelo aroma que tanto anceia por experimentar,  alcança seu pescoço e o morde numa veia pulsante. Anya então descobre o prazer de degustar o sangue doce, que a fazia pensar em frutas flambadas, temperado com o sal da água... o sabor agridoce que a desperta para uma necessidade vital, que fará parte de sua vida à partir de então, a necessidade de sangue...

Mas vamos a minha resenha, prometo não contar o livro, rsrsrsrsrsr. Mas menos que passional eu não garanto que a resenha não seja.

Eu já falei que adoro livros de vampiros? Pois é, está aí um gênero literário que sempre me surpreende. Sempre achamos que vampiros são somente seres das trevas, ruins por natureza, e mais não sei o que. Aí veio os Cullen e todo mundo começou a ver os vampiros com outros olhos, um olhar bondoso, porque eles são "vegetarianos". Mas e a essência dos livros de vampiros, eu me pergunto: cadê, cadê, cadê??????

Para mim, Agridoce trouxe de volta essa essência que estava faltando nos livros 'vampirescos'. Tem vampiro do mal, daquele tipo que sente prazer em matar um humano? Tem, mas é para isso que os vampiros existem, não é?. Tem vampiro do bem? Tem, mas se enganam se acharem que eles são "vegetarianos". Porque, gente cá entre nós, vampiro que se preze mata pessoas, e não urso ou leao da montanha.. Apesar de eu adorar a Saga Crepusculo, nem tudo são flores no quesito 'vampiresco' da saga.....

Anya é uma vampira recém despertada. Estudante de gastronomia, uma garota de vinte anos, totalmente na flor da idade, ela se vê vampira e não sabe o que vai fazer, porque ela não quer ser um monstro.


Rafael Montéquio, (adoro esse nome, super combina com o personagem) é o clássico vampiro. Rico, elegante, atraente, e com todo aquele ar que só os vampiros poderosos podem ter. O personagem me lembrou Lestat, de Entrevista com Vampiro da autora Anne Rice.  Ele me despertou sentimentos controversos,  ao mesmo tempo em que me encantava com ele, odiava-o. Ele faz aquele tipão: sou Portador mesmo, e daí? Não gosta de sair sugando o sangue das pessoas até elas sucumbirem, mas se o tiver que fazer, o faz sem peso na consciência. Essa agora foi boa, vampiro com consciência pesada por sugar sangue, rsrsrsr.

Ivan, ou tio Ivan como Anya o chama, é o cara. Ele é encantador, apesar de ser um 'ármario' em forma de gente. Ele tem uma ligação muito forte com Anya e seu pai, Edgar. Assim como Rafael, ele não desgruda de Anya, cada um com seus motivos, mas ambos em busca da segurança de Anya.
Sabem aquele filme A Espera de um Milagre? Pois é, tio Ivan pode facilmente ter sua imagem ligada ao personagem principal do filme, que espera no corredor da morte. Só a imagem, pois os personagens são diferentes. Eu adoroooooooooo o tio Ivan.

Daniel é um sonho. Ele é o que a autora chama de doador de Anya. Sim, Anya pode se alimentar de outros humanos, mas para cada vampiro que desperta, desperta seu doador, que é aquele que o sangue a melhor alimenta. 

A gente lê e baba.  Ele é o personagem que você tem que conhecer, e depois que o conhece... pronto tá perdida. Você caiu em sua rede, e agora é peixe. Eu adorooooooooooooooooooo ele, e a ligação que ele tem no livro.

Apesar de Anya ser o centro de toda trama, o livro não seria o mesmo se não tivesse Daniel. Mas ele tem que ser com todos os requisitos que a autora, generosamente, os atribui. É um doador fiel a Anya, e fará de tudo para protege-la do antagonista.  Sim..... temo os 'caça-vampiros' no livro. Cada vez que um vampiro desperta, o seu caçador também desperta, e matá-lo é uma questão visceral, o antagonista precisa fazer isso para poder voltar a viver em paz. Saber da existência do seu vampiro e não matá-lo é um sofrimento quase físico para o antagonista. Só fui entender de fato esse antagonista lendo os demais livros, que em breve serão resenhados. Meu momento ostentação, me permite dizer que já possuo os três livros a série,e que os li num fôlego só.

Não menos importante que os demais, temos o Dr. Dante. Dante se vê num dilema que o faz sofrer, pensar e repensar  seus conceitos. Ele é médico e conhece Anya quando ela precisa de um atendimento médico. Desde esse dia sua vida vira de cabeça para baixo. Para contra-balancear toda a densidade e intensidade de Dante, temos Léo. Léo é o irmão caçula de Dante, e com seu cheiro de algodão doce e pipoca traz toda uma leveza que o momento da vida de Dante pede e precisa.



Eu estou aqui me segurando para não contar o livro e acho que já escrevi demais.
Aventure-se nos sabores de Agridoce, e descubra você também o que ele te reserva.

Se gostaram da resenha, e quiserem ter uma ideia do que esperar leiam a preview do livro.

Página do livro no Skoob

Gente, eu mais que adorei o livro. Super recomendo. É um tipo de leitura que eu estava sentido falta.
Loguinho eu trago para vocês Cítrico, o segundo livro da série Sabores do Sangue.

Namaste!







You may also like

28 comentários:

  1. Adorei a resenha... em breve lerei...
    Conforme já falei amo os livros da Si e ainda mais ela como pessoa!!!
    Visite meu blog bjkas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grazi, sua linda. Você vai amarrrrrrrrrrrrrrrrrrr Agridoce. Eu mal tenho palavras para falar dele, de tanto que amo essa série. Quando vc resenhar vou adorar ver suas impressões sobre ele. bju

      Excluir
  2. Nossa, faz tempo que não leio algo sobre vampiro, acho que o ultimo (antes de Crepúsculo) foi Vitorio, o vampiro da Anne Rice, haha. Gostei da capa, apesar de não ter gostado muito da fonte usada para o título. Mas eu leria, com certeza, saudades dos vampiros tudo, haha :3
    Beijos, Pretty Things

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria, amora, a autora mudou de editora, e com certeza a capa também mudará. Se você gosta, dos meus amados vampiros, creio que esse livro te gradará. bjs

      Excluir
  3. Ai gente assim não dá! Vocês só fazer resenhas de livros que eu adoro hahahaha vou ter pelo menos mil pra ler esse ano :D amei a resenha, também amo vampiros apesar de odiar Crepúsculo rs. Mas super me interessei por Agridoce, pelo menos a história parece ser incrível. Beijos

    Mutações Faíscantes da Porto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, a Simone tem uma proposta bem diferente ao escreve Agridoce. Tomara que vc leia e se deixe entrar nessa saga. bju

      Excluir
  4. Adorei a sua resenha! É tão gostoso ganhar livros, né? Não há presente melhor!

    Beijos, Be
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Sim livros além de um presente, acho um elogio de quem me dá.

      Excluir
  5. Huhauhauhauhau. Menina, morri! Se enganar com o livro é uma decepção. Ainda bem que no fim, mesmo que você tenha pensado que a história seria diferente, você gostou do que leu. Eu costumo não ter essa sorte. Hauhauhauha.
    Fiquei curiosa em conhecer o tal do Daniel.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda! fui toda toda me vendo em batalhas medievais, e quando vejo estou numa trama de vampiros. Mas mais que valeu cada linha lida, eu adoroooooooo essa série. vou torcer para vc ser mais sortuda, kkkkk bju

      Excluir
  6. olha, pela tua empolgação, percebi que o livro foi ótimo de ser lido mesmo. Eu tbm curto Vampiros, mas não gosto dos estilo crepúsculo, sou mais apaixonada pelos clássicos e maus hahahah
    quem sabe eu leia Agridoce, se me vier em mãos... ando precisando de uma leitura vampírica esses últimos tempos...

    ResponderExcluir
  7. Primeiramente, te parabenizo pela resenha! Já ouvi falar deveras do livro, mas ainda não tive a oportunidade de lê-lo. Espero em breve saciar minha curiosidade quanto a obra. Conheço a autora, ela super gente boa. Apesar de não gostar muito de Vampiros, sempre me dou o prazer de estar aberta à literatura, independente da temática. Acho que pela sua resenha, vou curti...

    ResponderExcluir
  8. Oi Pessoinhas!
    Resenha instigante. Mas confesso que mesmo assim não me senti atraido pela obra. Eu ando num momento muito distopico da minha vida, então ler romance com vampiros está fora de cogitação, apesar da premissa parece ser bom. Quem sabe no futuro. Agora mesmo, não.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  9. Oiii,
    Devo admitir que a parte da "estudante de gastronomia" já me interessou haha, amo gastronomia.
    Nunca li nenhum livro da Si, pois, é muito difícil eu ler romances, mas tudo é possível :3

    Bjs
    Dudu
    http://portalnerdss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Flor! Tudo bom?
    É ótimo quando temos esse sentimento pelo autor que criou a história não é mesmo? Sempre que eu posso mando uma mensagem para o autor agradecendo e elogiando a ótima história. Como você, também gosto de livros com o gênero vampiros, sempre me surpreendo também. Os Cullen vieram para dar uma visão diferente, lembro quando vi o livro pela primeira vez e quase ninguém sabia da sua existência, e mais alguns anos pra frente virou uma febre entre todo mundo.
    Adorei o fato de que, mesmo Anya sendo o centro do livro, isso não ofuscou outros protagonistas, o que eu acho importante, porque todos contam. O livro me parece ser ótimo, sua resenha me transmitiu um sentimento ótimo, ao mesmo tempo em que vemos ela passar por uma situação complicada, o bom humor ainda está presente entre eles. Lá vou eu para minha lista adicionar mais um livro, fazia tempo que não achava um livro com temática de vampiros bom assim!

    Beijinhos,
    www.percepcoes.blog.br

    ResponderExcluir
  11. Amei sua resenha... Explica e nos coloca por dentro do universo do livro sem entregar o que acontece... Parabéns!!!
    Também adoro quando encontro blogs divulgando a literatura nacional.. Mais um ponto extra..
    Confesso que fico um pouco na retranca com livros de vampiros pq não gostei de Crepúsculo, mas talvez esse seja um bom livro para desfazer a má impressão =]

    Bjo
    escritaseleituras.weebly.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Maravilha! Sei o quanto ama os livros da Simone e eu também gosto muito, apesar de ter lido apenas um ainda - risos! Espero ler todos e ainda nutrir a mesma paixão que você. Como sempre suas resenhas sobre as obras dela são super empolgantes e espero que muitos leitores se apaixone por os escritos dela

    Beijos Fê
    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
  13. Nossa amei sua resenha, tbm amo livros sobre vampiros.
    Não conhecia a autora mas já quero esse livro.
    Vampiro,rico e gostos é cmg mesmo kkkkkkkkk
    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oii, tudo bem?
    Mesmo antes de ler eu já estou adorando a historia e amando os personagens, eu amo livro com vampiros e já faz um tempo que eu não leio algo com eles, eu vou ficar ligada no livro e na pag e assim que possivel vou compra-lo.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Amora com Pimenta, risos....
    Tudo bem?
    Tenho que dizer antes de tudo: que empolgação mais gostosa!!!! É contagiante ver você falando dessa historia, eu adorei a sua resenha!!!!
    Agora para tudo!!!!!
    Eu adoroooooooo vampiros!!!!!!! Mas eu gosto de todos os tipos, os clássicos, os bons, os maus, risos.... Realmente, as vezes é difícil encontrar um livro que traga o bom e velho vampiro, aquele primeiro. Pontos que chamaram minha atenção: cada vampiro tem um caçador e também uma pessoa que o melhor alimentará. Achei isso diferente, então, a autora está resgatando os vampiros clássicos, mas incluindo algo novo.
    Fiquei super animada com essa história, não vejo a hora de conhecê-la.
    Sucesso para a autora.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oiiii
    Por um tempo também procurei alguns livros que tivesse a verdadeira essência dos vampiros, depois de Crepúsculo ficou tudo muito romantizado e meio chato rs.
    Não conhecia esse livro e adorei saber que é uma série, pela sua resenha eu acho que vou gostar.

    Bjs
    http://www.coracaoleitor.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi flor, não conhecia nem o livro e nem a autora.Pelo que percebi lendo a sua resenha, você ficou bastante empolgada né? Não curto muito livros com esse tema, gosto mais de livros de romance, um bom chicl-lit ou um policial.

    Ma quem sabe o leia um dia.

    Parabéns pela ótima resenha.

    bjs

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Vampiros ♥ Tem como não gostar das histórias que envolvam esses seres misteriosos, perigosos e lidos? Não conhecia Agridoce, mas fiquei bem curiosa depois da sua resenha, vou marcar na minha lista de desejados!
    Bjs
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Falou em Vampiros fico a postos para ler , adoro esse tema, agora essa sinopse a primeira vista kkkkk lambe , morde rsss me assustou, vou ler com certeza ainda mais com vampiros do bem e do mal adoroooooooooo. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem?
    Nossa pelo que você falou do livro deu a entender que ele é muito bom e seria um erro não lê-lo. A capa está bem legal e vou procurar saber mais sobre o livro. Sua resenha está nota 10.

    ResponderExcluir
  21. Oiee ^^
    Tenho muita curiosidade de ler esse livro, mas estou fugindo de histórias com vampiros no momento, pois sempre me decepciono com algum livro desse assunto, aí demoro um pouco para pegar outro. Agridoce parece ser muito legal, mas não sei se o leria agora, pois tive uma decepção vampírica recentemente *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Fechei parceria com a Simone a alguns dias e estou mega ansiosa para ler agridoce.
    Adorei a resenha e pelo jeito vou gostar sim, até pq eu gosto de livros, filmes ou qualquer coisa relacionado a vampiroskkkkkk
    Amei sua resenha.

    Ahhh assista meu primeiro video resenha, e se puder se inscreva no meu canal para me ajudar :D

    http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/2015/02/video-resenha-uma-vida-para-sempre.html

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Eu sempre tive vontade de ler esse livro.
    Acho a capa dele muito bonita e a sinopse bem interessante.
    Adorei a dica e espero poder ler em breve.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir