O Libertar - Texto escrito por Turmalina

4 Comments
O libertar chegou há tempos,
Mesmo que por muitas vezes,
Inconscientemente,
Eu tenha tentado ignorar.
Sinto que preciso sair de mim,
Sair de quem sou,
Correr livre ao vento.
Sem amarras, elas prendem não só meu corpo,
Mas, minha alma, espírito e criatividade.
Só eu posso destruir os obstáculos.
Queimar-lhe-ei com o fogo do meu ser,
Tudo!
Tudo que ocupar espaço e me fizer sentir pequena,
Ingênua e desprotegida.
Sou a leoa magnífica das savanas,
deitada a sombra relaxante,
Porem, sempre alerta.
Ou, quando a temperatura do meu ser não for tão vibrante quanto os desertos,
Libertarei o lobo cinzento que mora em mim,


Ele atacara toda frieza, fraqueza, sensatez, timidez, medo e fragilidade.
Ele quer que eu corra,
E vou segui-lo, livre ele é,
Livre eu sou,
O lobo sou eu, correrei.
Eu sou a terra, o fogo, a água e o vento,
Eu sou e estou em tudo,
Nada pode me impedir de evoluir,
Apenas os obstáculos que eu me impor,
Mas o lobo não suporta obstáculos e os destrói
Como a pequenas lebres na fome voraz,
E nos momentos onde o lobo e sua voracidade não forem necessários
O vento me conduzirá
Até o ponto onde ele e eu seremos um só,
Fundir-me-ei a ele,
espírito livre serei
sussurrarei o caminho da libertação em teus ouvidos
basta ouvir e deixar-se ser livre

e ser conduzida pela voz interior.


You may also like

4 comentários:

  1. Imagem linda, texto perfeito!
    A fluidez com que a palavra liberdade corre na dança poética do poema, nos faz vibrar querendo materializar tão ação.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  2. que texto lindo. *-*
    Combinou perfeitamente com a imagem, que é igualmente bonita.

    :D

    ResponderExcluir
  3. Belíssimo seu texto! Uma leitura em ritmo, que embala! Gostei demais Flor! Um grande abraço pra ti!

    Vanessa Vieira
    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
  4. Todas as vezes que leio seus textos me emociono e me orgulho! Parabéns gatinha!

    ResponderExcluir