Programa de Domingo

12 Comments
Olá galera, como vai essa força? 

Bem, cá estou eu para mais um post, e como eu já falei muito em fantasia tá na hora de abordar algo mais fofo, mais cute cute, entendem?

Então, para hoje eu preparei algo diferente, essa coisa que eu não dei um nome ainda (se quiserem me ajudar, vai ser legal), vai acontecer algumas vezes (se vocês quiserem é claro).

Isso não é uma disputa, não é uma comparação, o que vou fazer hoje é um enfrentamento de filmes, que querendo ou não até que são meio parecidos.
E os filmes de hoje serão...



Há algumas semanas atrás eu fui ao cinema assistir (atrasado como sempre) 

Simplesmente Acontece. Particularmente, eu curti muito o filme, e vocês me conhecem eu não gosto de romance. Eu gostei tanto do filme que, como uma boa reparadeira, comecei a reparar no enredo. 

Sim eu sei que os dois são adaptações de livros, eu li apenas Um Dia então sobre isso não posso falar. Também sei (por uma amiga que leu Simplesmente Acontece) que a adaptação deste não foi a mais fiel. Pulando tudo isso, esquecendo os livros (porque eu estou aqui para falar de filmes), vamos reparar nas cenas, no enredo, e em como tudo acontece.

Começaremos pelos mais idosos.


Um Dia já é considerado por muitos um filme velho (essas pessoas que não me incluí), mas ainda assim continua sendo um romance água com açúcar (e que me faz lembrar de outro filme, mas deixa para lá). É um filme divertido e com um final impactante. Se você ainda não assistiu, tá na hora né? Brincadeira. Eu não sou fã de carteirinha de Um Dia, quando assisti eu até que fiquei bem perdida, mas como todo romance de final trágico e bem amarrado eu acabei desenhando o enredo, mesmo sem ter chegado ao final. E...errei, feio, horrível. Mas não vou contar o que acontece porque não sou uma pessoa má e sei que pode ter pessoas que ainda não o assistiram.


Para terminar, Um Dia se trata de duas pessoas que se conhecem e ficam em um determinado dia. A história rola sempre nesse mesmo dia, só que nos próximos anos. 

Assim, podemos ver o crescimento, e a transformação dos personagens. E tá bom assim, quem já viu sabe e quem não viu ainda espero que eu tenha plantado a sementinha da curiosidade nesse coração. 

Se você ainda não entendeu, meu ponto não é a história em si, é apenas um coisa no enredo dos dois filmes que me fez pensar em um enquanto eu assistia o outro. E eu já chego lá.

Agora o mais jovem...


Simplesmente acontece é um filme muito bonito, que quase me fez chorar, foi por pouco muito pouco, mas não é tão fácil assim. Esse é talvez o filme mais fofo que eu vá assistir durante todo o ano, e olha que estamos em abril. Dá até vontade de se apaixonar, mas depois passa. Abrindo espaço aqui para elogiar a atuação de Lily Collins que foi uau, eu mal conhecia ela mas já me deixou de queixo caído.

Além de ser um filme fofo por ser romântico, tem o caso da gravidez na juventude (me desculpe você que ainda não viu), eu não poderia deixar de falar, mas esse foi, para mim, o ponto alto do filme. A gravidez da personagem fez ela se desfazer de seus sonhos por um tempo, e então voltar a ele quando a filha já estava crescida.



Bem, em Simplesmente Acontece os dois personagens são acompanhados por sua vida inteira, em seu crescimento e amadurecimento. Vemos suas profissões e seus sonhos, e novos sonhos e realizações e decepções. E eu não sei porque, mas esse filme sim me conquistou mesmo. E indico, podem assistir, fiquem a vontade. Na minha humilde opinião ele é ótimo.

Por fim, para que mesmo eu fiz tudo isso? Ah, sim, vocês repararam no que eu disse Um Dia o casal se encontra se conhecem na noite da formatura da faculdade, ficam e no outro dia precisam se separar, mas mesmo sabendo que são muito diferentes eles nunca conseguem parar de pensar um no outro. Okay, daremos uma pausa.

Em Simplesmente Acontece o casal se conhece ainda pequeno, estudam juntos e são obrigados a se separar quando vão para faculdade, os "amigos", não conseguem ficar um sem o outro. Voltamos...

O diferencial de Um Dia foi exatamente isso, só vemos nossos queridos num determinado junto. Exploramos o crescimento deles de um em um ano, e isso é tão legal, porque imagina só o quanto uma pessoa pode amadurecer em um ano?

Já Simplesmente Acontece, o diferencial é o final, que acaba bem, com uma grande conquista da protagonista. E depois de tantas demonstrações de que os dois se entendem mais do que qualquer outra pessoa eles acabam...juntos, mesmo isso tendo demorado uma vida.

Então, vamos assistir ao filme para reparar essas coisas e outras também, porque eu não vou entregar mais nada. Já disse o que queria, agora passo a bola pra vocês.



E aí? Bora comentar? Como já disse, eu respondo a todos. 

Espero que tenham gostado e se querem mais disso aí que eu não sei o nome, comentem também.

Ah, e se vocês quiserem bater um papo mais longo comigo me sigam no twitter @luhdays. Beijos e até mais. 


You may also like

12 comentários:

  1. Admito que estou com vontade de assistir Simplesmente Acontece mas não sou muito de filmes romanticos e fico muito na dúvida na hora de apertar o play hahaha.
    Pelo o que você conta, realmente parece com Um Dia, vce conseguiu me convencer a assistir o filme hahaha, adorei o post.

    Um beijo,
    www.estilo-malu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olha quer mais uma dica, eu também não gosto muito de romance então...
      Beijos.

      Excluir
  2. dessa lista, só li Um dia, e [vergonha TT_TT] ainda não vi o filme... eu gostei pracaralho e fiquei estarrecida com a parte final, quase um soco em meu estômago...
    Os demais não me empolguei pra ler/ver :(
    E olha que até que gosto de romances, mas ultimamente tô numa vibe de evitá-los... xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. te entendo, o livro Um Dia é realmente muito bom, mas o filme nem tanto.

      Excluir
  3. Lu, eu não li/assisti nenhum dos dois, e sei lá, não tenho muita vontade agora, tô tão manteiga derretida...
    Acho melhor ver o filme do Pelé, ou o dos Vingadores mesmo, que vai me poupar de ficar toda inchada e de nariz entupido na sessão de cinema. Hhauahauhauahauauhauauah.
    Ainda tô tentando me recuperar de Mel e Amêndoas, se eu pegar outro livro de romance vou chorar e acho que me enforco no pé de couve!
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aaah, não chore. Como não sou uma pessoa romântica você pode olhar minhas outras dicas porque é difícil eu falar sobre romances.
      Beijos.

      Excluir
  4. Fiquei hiper curiosa agora...ainda não assisti nenhum desses filmes e também não li os livros.
    Curti muito o seu "sem nome" deste post...
    beijos
    WWW.PAINELPARACONGRESSO.COM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. opa tem que ler e assistir mesmo hein...

      Excluir
  5. Oie Lu que bacana as dicas e pretendo assistir ou ler assim que tiver oportunidade ,,anotadíssimo aqui vou ver se acho o Um dia ... bjss parabéns pelo post
    http://florroxapoemasepoesias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, sua linda!
    Coluna interessante, mas nenhum dos dois filmes me interessaram, ao menos, não para o momento.
    Como não li os livros e não vi aos filmes, não consigo interagir com o texto, mas adorei a ideia da coluna.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oiiiee, opa que bom que gostou, quem sabe na próxima sejam filmes que você já tenha visto, né.

      Excluir