Falsa Cafta

6 Comments
Olá amoras!

De um ano para cá eu mudei muito minha alimentação, tirei muita coisa industrializada, optei por mais comidas naturais, mas se tem uma coisa que ainda não deixei foi a carne. Diminui muito o consumo, mas ainda como. O 'verde' predomina no meu prato, mas é difícil deixar velhos hábitos, e também ainda não me decidi ao certo se deixarei ou não de comer carne, fato é que cada vez menos ela está em meu prato, e quando se faz presente, eu aproveito e como sim sem culpa, rsrsrsrsr

Foi meu cunhado quem me deu essa dica da receita de hoje, ele também não sabia um nome ao certo do prato, por isso eu a batizei de Falsa Cafta.

Cafta para quem não está familiarizado com o termo são espetinhos árabes feitos com carne moída.

Cafta é o nome duma espécie de almôndegas que fazem parte da culinária da maioria dos países que resultaram do colapso do Império Otomano, incluindo os países da Ásia Central e do Cáucaso, dos Balcãs, a Turquia, o Irão, o Médio Oriente e o norte de África. O nome varia de كفته, kufta ou kafta (dependendo da transliteração do árabe), köfte em turco; κεφτές, keftés ou “keftedes” em grego; “kyufta” na Arménia e “kufteh” ou “koofteh” no Irão, aparentemente todos derivados do persa kūfta, forma do verbo کوفتن, kuftan, "bater", "moer", "almôndega". 2 3
 Uma receita indica uma mistura de carne moída (carneiro ou vaca são as preferidas, mas na Grécia usa-se também a carne de porco), cebola picada, salsa ou hortelã também finamente picadas, cominho e canela moídos, pimenta-da-jamaica, sal e pimenta; deixar a mistura no fresco durante 1-2 horas para deixar que os sabores se misturem e que seja mais fácil trabalhá-la. Normalmente, fazem-se bolas, ovais ou achatadas, como as frikadeller da Dinamarca, ou ainda como salsichas, principalmente na Turquia, onde são depois enfiadas num espeto para serem grelhadas.
 Para além de grelhadas, as cafta podem ser fritas, assadas no forno ou guisadas, servidas simples, como acepipes, com arroz, ou dentro dum pão pita (ou outro tipo de pão), acompanhadas de tzatziki (molho de iogurte com pepino finamente cortado e temperos). Em termos de ingredientes, os gregos costumam juntar pão-ralado e vinho e os norte-africanos, sementes de gergelim; os temperos variam segundo o gosto individual ou regional. (fonte)



Para fazer essa minha Falsa Cafta, vamos precisar de:

Ingredientes:

  • 1 kg de carne moida
  • 200 gramas de bacon moído, eu pedi no açougue que moesse junto com a carne
  • creme de cebola
  • alho
  • sal
  • ervas a seu gosto
  • óleo para umidificar a massa e também ajudar a dar liga
  • pão francês
Modo de fazer:

Misture todos os ingredientes como e fosse fazer almondegas.

Corta o pão ao meio, retira o miolo, para ficar um 'vulcãozinho' no lugar do miolo, e coloca a carne no lugar do miolo.

Faça em quantos pães quiser, ou até a massa acabar. Depois coloque na churrasqueira com a parte da carne virada para baixo, e tem que se com a grelha na posição alta da churrasqueira para não correr o risco de ficar cru por dentro e queimar por fora. 

Por fora fica bem assado, alguns até 'tostadinhos', mas por dentro ele fica super bem  cozido e é uma delicia para um lanche, ou até mesmo num churrasco com os amigos.

Ah, e claro que para acompanhar assei um queijo, afinal sou mineira UAI, kkkkkkkkkkkkkk


Espero que gostem da recita de hoje.

E quem for adepto a comer carne, se fizer,  me conte depois o que achou da receita.

Namaste! _/\_





You may also like

6 comentários:

  1. Oi flor, que receita das boas... Cheguei a ficar com água na boca... kkkkkk
    Vou anotar a dica, e se fizer com certeza te conto o resultado.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lia a receita fica uma delicia..... Me conte sim como ficou. bju

      Excluir
  2. Amada adoroooo passar aqui no "nosso" blog e conferir seus posts sempre tão cuidadosa e carinhosa em promover nosso bem estar tanto no plano afetivo, emocional, espiritual como tanto no físico...Se somos aquilo que ingerimos fica claro que a moderação é a palavra e no mais tudo que buscamos vamos encontrar na hora certa .. claro que estou falando do consumo de carne e concordo com vc é realmente difícil se desvencilhar de hábitos tão antigos... eu também amo carne apesar de nem poder comer rsrs e por isso super aprovei esta receitinha que parece sr tão deliciosa que enche nossos olhos e a boca de água rsrs bjsss assim que der quero experimentar e te contar como me saí .....
    http://florroxapoemasepoesias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Lunna.... vivo num embate comigo mesmo sobre o consumo de carne, mas como ainda não parei de tudo, pelo menos diminui........ Essa receita é super simples, rápida e deliciosa, acho que seus filhos vão gostar...... quem tem filho sabe que os 'bichinhos' parecem uns sacos furados e não tem comida que de conta da fome deles, kkkkkkkkkkkkkkkk bju

      Excluir
  3. Gostei bastante da receita, mas no momento não posso comer. Estou com pedra na vesícula e cortei a carne até fazer a retirada da vesícula. Gostei bastante do seu blog. Vou conferir as outras postagens.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Gostei da receita diferente e para falar a verdade nem sabia o que era cafta.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir