Conto de Fadas as Avessas - Jariane Ribeiro

4 Comments
Olá amoras!

Cá estou para mais uma dica de livro. Sim; minhas amoras eu leio muito e todo, ou quase todos estilos literários. Ponderei muito em trazer a resenha de Conto de Fadas as Avessas pelo seguinte motivo: sou madrinha, digamos assim, do livro.

Como já mencionei aqui, eu tinha outo blog que era somente sobre livros, e foi em uma coluna desse outro blog que Karolayne nasceu. Um dia, há uns quatro anos atrás, estava eu andando pelo face e me deparei com uma página chamada Viajando Através das Palavras e depois de ver algumas postagens convidei a Jariane para ser colunista no blog. Ela mais que topou e me perguntou o que ela poderia postar e eu disse que a coluna era dela, e que ela quem decidisse; contanto que fosse à temática literária. E foi assim que Karolayne nasceu, antes com um título de Cresci, e agora? Que era o título da coluna. Alguns meses depois, a coluna virou livro e o livro virou uma trilogia, e o mês passado foi o lançamento do livro pela Editora Sollo.

Eu não vou resenhar o livro, mas vou lhes contar como ele é ok?




Sinopse: O que você faria se o primeiro amor lhe decepcionasse?
Karolayne Lancaster, estudante de jornalismo e babá, sonha com uma vida de contos de fadas. Ela cresceu lendo romances e idealizou o príncipe perfeito.
Seu príncipe virou sapo, seu castelo ruiu e seus sonhos românticos foram jogados para o ar.
Depois de sofrer esta decepção, Karolayne resolve dar um basta em seu mundo de faz de conta. Mas a grande pergunta é: mudança significa esquecimento, ou é só um método covarde de se esconder do que te faz sofrer?


Conto de fadas as avessas vem numa contra mão de livros que eu vejo bombando em blog literários. Porque ele vem na contra mão? Porque é um livro que nos remete a inocência da juventude, do primeiro beijo, do primeiro namorado, enquanto os livros que mais bombam são os hot.

Karolayne é uma menina que acredita em contos de fadas e príncipes encantados. Entre estudar e ser uma jovem adolescente, ela divide o seu tempo cuidando de duas foférrimas meninas gêmeas. Eu sou mãe e é impossível não imaginar uma babá cuidando de minha filha com ela cuida das meninas. As gêmeas são animação pura, assim com toda crianças, e tudo em dose dupla. Elas tem um irmão mais velho, o Pedro, que Jariane conseguiu retratar muito próximo da realidade ‘chata’ que são os meninos na faixa dos seus 19 anos. Ele implica muito com Karolayne, é quase uma implicância e irmão mais velho, se não fosse o fato deles não serem irmãos.

Com o caminhar do livro a gente vê o que tem por trás de tanta implicância, e onde há fumaça; há fogo, né?

O desenrolar da estória de Karly (maneira como Pedro a chama, só porque ela detesta) é pra delicia. Porque podemos ver as fases de transformação que ambos passam.

Li o livro enquanto era escrito, li o livro depois de escrito no formato e-book, e agora reli o livro em formato físico. A diagramação do livro físico ficou linda, delicada como a estória merece.



Minha filha mais velha tem 13 anos, e é um livro que entrego em suas mãos para que ela leia e fico sossegada, porque sei que é tipo de livro que leva as meninas dessa idade a se encantar por seu primeiro mocinho de papel, e que as cenas descritas são de uma inocência que só o primeiro amor nos reserva.

É um livro de uma leitura leve e rápida, próprio para pegarmos em uma tarde e nos deixar levar por um mundo de primeiro amor.

Espero que você tenham a oportunidade de também conhecer Karly.

Namaste. _/\_





You may also like

4 comentários:

  1. OI flor, tudo bem?
    Amei a maneira como você me apresentou o livro!
    Simples e tocante.
    Vou colocá-lo aqui na lista e quando for possível irei ler.
    Uma ótima semana pra ti.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia! Amora, o livro é uma delicicinha, e lembra lá no Agridoce que tinha a Coluna Cresci, e agora? Pois é, o livro nasceu daquela coluna.... bjs

      Excluir
  2. Oi
    Eu li esse livro já faz um tempo em e-book e esses dias reli ele, dos livros da jariane que li até agora
    esse e o meu preferido. A história é envolvente e os personagens cativantes.
    Muito boa a resenha e que bom que gostou da leitura.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Maravilha!
    Menina, sua resenha ficou linda e sei que você é madrinha e tal rsrsr
    Bom, estou ansiosa para ler o livro logo e quem sabe eu não passo ele na frente dor tro-centos que tenho por aqui.

    Beijos de sua Mavaldeza! :p

    ResponderExcluir